Home
Você esta aqui:Home » Notícias » Paralisação de trabalhadores de supermercado chega ao 3º dia

Paralisação de trabalhadores de supermercado chega ao 3º dia

Grupo caminha até o Ministério do Trabalho nesta quarta, 3. Funcionários reivindicam ticket alimentação e carga horária de 6h.

Funcionários do Grupo Líder, uma das maiores redes de supermercado de Belém, realizam uma nova manifestação na manhã desta quarta-feira (3), na capital paraense. Um grupo de trabalhadores está reunido em frente a um dos estabelecimentos da rede, na avenida Doca de Sousa Franco, e aguardam demais colegas de trabalho. Segundo os manifestantes, até o meio dia, o grupo deve sair em passeata até a sede do Ministério do Trabalho e Emprego.

Uma das pistas da avenida Doca de Souza Franco foi fechada por funcionários do Grupo Líder

As paralisações começaram na última segunda-feira (1º) e a categoria promete permanecer de braços cruzados até que sejam atendidas todas as reivindicações.

De acordo com um dos funcionários do grupo, Anderson Brabo, a Justiça considera não abusiva uma greve que tenha duração de até cinco dias. “Vamos paralisar até o quinto dia, sexta-feira (5). No sábado trabalhamos normal. Caso nossas reclamações não sejam atendidas, domingo (8) nada abre de novo”, explica o funcionário.

Segundo José Francisco, presidente da Federação dos Trabalhadores no Comércio e Serviços dos Estados do Pará e Amapá (Fetracom), o supermercado fornece alimentação aos funcionários, mas a maioria prefere receber o benefício em dinheiro.

Segundo o sindicato, as reivindicações são por seis horas corridas de trabalho para os estabelecimentos que funcionam 24 horas e ticket alimentação.

Entenda o caso
Funcionários do grupo Líder suspenderam as atividades na última segunda-feira (1º), em Belém e na Região Metropolitana. De acordo com a categoria, trabalhadores de todos os estabelecimentos da rede aderiram à paralisação, atingindo mais de 20 lojas.

Em reunião realizada na última terça (2), entre representantes da rede Líder e lideranças dos trabalhadores do supermercado, duas das principais reivindicações da categoria não foram aceitas pela direção dos supermercados: a mudança da carga horária para 6h corridas de trabalho e o benefício do ticket alimentação.

Sobre este Autor

Number of Entries : 191

© 2013 Powered By Jaimengo@gmail.com, Rádio Xinguara AM 660khz

Scroll to top